Sábado, 4 de Setembro de 2010

O José Mourinho, que, como se sabe, não é muito competente, diz que num treino dele quando se chega aos quatro na peladinha estão todos a jogar hóquei em patins pelo que segue tudo para o balneário. Ontem, vimos hóquei e gostámos muito. Portugal parecia que jogava em WM, brincas na areia com a certeza que Deus Nosso Senhor estaria no seu lugar a colocar no lugar certo o resultado mais evidente - a vitória. Bem, correu mal. Porquê? Porque isto anda tudo louco: Sílvio no banco porque o Miguel tem um nome com peso na camisola; João Moutinho no banco porque Raúl Meireles já fez jogos que cheguem esta temporado (fez um, ontem - o seu primeiro); Danny a construir jogo porque o Tiago já demonstrou que não vale nenhum (basta ter visto o Mundial); Manuel Fernandes a trinco - pouco pesado, como se nota - porque com Pepe e Pedro Mendes lesionados não há mais ninguém para número 6; Quaresma - que fez um jogo fantástico como se previa, depois das exibições que tem feito na Turquia - a única sorte e por causa do azar de CR7. Como Ruben Amorim: de desnecessário para titular.

Foi bonita a festa, pá! E a selecção está muito com o povo. É que são quase tantos os convocados como os que estão na bancada, o que dá para melhores conversas do que quando são muitos milhares a ver um jogo - isso sempre torna tudo bem mais impessoal.



publicado por JRS às 14:23 | link do post | favorito

mais sobre mim
posts recentes

O Mário

Mistress

FCF

Mira Técnica

Easter Message

PPD/PSD

It is

Canção Triste

Portugal

A Moral da Coisa

arquivos

Março 2013

Fevereiro 2013

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

blogs SAPO
subscrever feeds