Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

Este mês, na secção Retrovisor da revista Bltiz [Blitz] há um texto meu. Não é coisa pequena. São mais de 10 000 caracteres sobre Deus Nosso Senhor, Dawkins, Occam's Razor, os Sirgur Rós [Sigur Rós] e, claro, Leonard Cohen. Leitura muito particular dos três tipos de apresentações ao vivo existentes - vão ver qual é a de Cohen.

 

 

Dito isto, poder-se-á até dizer que eu tenho várias questões com Deus e o Messias. Uma delas é exactamente haver a forte possibilidade de Ele não ter questão nenhuma comigo.



publicado por JRS às 07:51 | link do post | favorito

2 comentários:
De Victor Oliveira Mateus a 10 de Janeiro de 2011 às 15:10
Esta parece a prova da inexistência de deus defendida pela Beauvoir. Pessoalmente nunca uso a palavra Deus e quanto ao Messias faz-me lembrar os vinhos...rsrs Contudo, n acredito (e lá vamos nós parar à "fé"!) no primado do Acaso, portanto fico-me pelo conceito da Gabriela: "o que Há"... Estas coisas são mesmo assim: ou caiem em cima de nós ou escapam-se-nos! Tenha calma, Jorge, mas isto da "qualquer coisa pessoana" não ter nenhum problema consigo, cá pra mim já é um bom sinal..


De Destro a 12 de Janeiro de 2011 às 12:19
Homem, ao menos escreva correctamente o nome da revista e da banda islandesa. Bolas, que você é mesmo a dar para o lerdo.


Comentar post

mais sobre mim
posts recentes

O Mário

Mistress

FCF

Mira Técnica

Easter Message

PPD/PSD

It is

Canção Triste

Portugal

A Moral da Coisa

arquivos

Março 2013

Fevereiro 2013

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

blogs SAPO
subscrever feeds