Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

Ver os telejornais da uma - principalmente na TVI, sim, mas ainda agora vi na SIC - abrindo com a questão dos incêndios é como ver o Herman Enciclopédia regressar: um grande momento de humor.

Na SIC, a reportagem versava o tema primordial de as pessoas usarem a água do cemitério - que o jornalista deve pensar que das duas uma, ou está reservada para dar de beber aos mortos ou é mesmo água benta - para tentarem apagar os fogos. Uma peça a que só faltou o Diácono Remédios a dizer num havia nessessidade, a água é para Deus Nosso Senhor, sshh, sshh.

Mas o momento mais alto - este ao nivel de um Tal Canal do século XXI - foi há minutos na TVI. Uma, digamos, jornalista, que o meu irmão apelidou e bem de "boa" (no que aos atributos físicos diz respeito, claro), abriu o jornal da uma com uma reportagem tirada do Diário de Marilu: ela começou a correr pela estrada, com a voz ofegante e o operador de câmara, bem ao nível do Michael Mann, a correr atrás dela, reportanto o terror, o terror. Primeiro chegou junto a dois ditos "populares" que, vendo-a tão ofegante pensaram que decerto precisaria de um bocadinho de água tirada do cemitério da SIC. Mas que lá responderam, muito calmos, "é, está difícil, mas tudo está a correr pelo melhor". Mas ela não se ficou, ai não, não. E então nada como entrar por dentro do fumo, quase por dentro do fogo, dizendo das "faúlhas, do ar irrespirável, da fuligem, do fumo, meu Deus, do fumo", sempre a correr às arrecuas e com o operador de câmara a colocar a mão até em frente da televisão (quer dizer, dentro dela...) para a desviar de uma árvore onde ia embater e a tentar falar com um coitado de um bombeiro que, sem comer desde as três da matina e de directa há dias, quando interpelado por ela, continuou a andar quase com o olhar de quem, muito carnívoro, acabou de ver um prato de esparregado. Pensou, imagino "esta cachopa está douda". E estava. Ela continuou a correr, a dizer que era o fim do Mundo para todos mas pelos vistos só para ela e a fugir do fumo para dentro do fumo "irrespirável". O cabelo caía-lhe para a frente dos olhos, mesmo como a Marilu. Quero crer que no entanto o meu irmão tem razão: ela é boa e não se revelará no final como um homem. Mas como estamos na TVI, nunca se sabe.  



publicado por JRS às 13:20 | link do post | favorito

mais sobre mim
posts recentes

O Mário

Mistress

FCF

Mira Técnica

Easter Message

PPD/PSD

It is

Canção Triste

Portugal

A Moral da Coisa

arquivos

Março 2013

Fevereiro 2013

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

blogs SAPO
subscrever feeds